Opinião

Será que somos um país machista?

Acabei de ler a crónica da Assunção Cristas no DN, a explicar que a direita dela, à semelhança do que disse Marcelo no debate com André Ventura, não era também a direita preconizada por esse candidato a presidente e líder do Chega, pois era uma direita de inclusão e de apoio a causas sociais, mais de acordo com a Democracia Cristã Europeia, patente no PPE na Europa.

Apreciei o papel que fez na oposição ao governo de Costa, enquanto foi líder do CDS, pois foi a única voz que se ouvia da oposição, uma vez que Rui Rio tem andado, estranhamente, perdido em combate.

Fiquei surpreendido com o mau resultado eleitoral do CDS, nas últimas legislativas, que levaram Cristas a abandonar o partido, e a entregá-lo ao Xicão, político inábil e inexperiente que tem levado o partido à sua quase extinção. Curiosamente André Ventura tem tido na AR uma postura agressiva, mais boçal e primária, porque é mais radical que a de Assunção Cristãs, e sobe nas sondagens.

Será que somos um país machista e o que ficava mal numa mulher, fica bem num homem?

Nuno Pereira da Silva
Coronel de Infantaria na Reserva

Acerca do autor

Nuno Pereira da Silva

Nuno Pereira da Silva

Coronel de Infantaria na Reserva

Adicionar comentário

Clique para comentar