FARMÁCIAS EM INSOLVÊNCIA SOBE 127,8% EM 3 ANOS

 

Insolvência ou penhora atinge 24,4% das Farmácias do distrito de Lisboa 

A minha avó que era de Mafra dizia na sua sabedoria da vida – Tabernas e Farmácias nunca vão à falência. Com o tempo e as novas politicas tudo mudou. Garante a Associação Nacional das Farmácias – O número de Farmácias em situação de insolvência ou penhora continua a subir. As graves dificuldades financeiras do setor colocam em causa a cobertura farmacêutica e a rede de serviços de saúde de proximidade à população.

No distrito de Lisboa, são já 24,4% as Farmácias nestas condições, mais que duplicando as 10,8% em 2012.

A nível nacional, são 18,7% as Farmácias (549) em situação de insolvência ou de penhora, um crescimento de 127,8% entre dezembro de 2012 e fevereiro de 2016. Neste período, o número de insolvências mais que triplicou, de 61 para 188 Farmácias (+208,2%). Já o número Farmácias sob penhora duplicou, de 180 para 361 (+100,8%).

O crescimento das insolvências e das penhoras é revelador dos problemas de sustentabilidade do setor das Farmácias, que põem em cheque a capacidade e a qualidade da resposta dos farmacêuticos às necessidades dos utentes.