SOBRAL DA ABELHEIRA: FESTA DO MORANGO

INAUGURAÇÃO DO MONUMENTO AO MORANGO E APRESENTAÇÃO DO PROJECTO DE VALORIZAÇÃO DOS MORANGOS DO SOBRAL DA ABELHEIRA.

Com a presença do presidente da CMM, Helder Silva e esposa, a Grande Festa dos morangos iniciou-se com uma Missa na Igreja Matriz Nª Sª da Oliveira, pelo reverendo Carlos Pinto com a tradicional Benção aos morangos.

O desfile dos ranchos seguiu da igreja ao monumento ao morango no largo principal do lugar, antes da sede do Clube, onde se realizou, em substituição do terreiro, que pela chuva que caiu não estava em condições para as danças folclóricas do rancho anfitrião “as Morangueiras do Sobral da Abelheira” e do rancho convidado “Malmequeres do Fiandal” que veio de Alenquer. A venda de morangos fez-se por 10 euros a caixa.

O Salão da sede foi pequeno para tanta gente. Mas tudo decorreu dentro da normalidade adiantou-nos Joaquim Manuel Freitas Pedro, presidente do Grupo Recreativo Sobralense que apesar de estar há 2 meses como presidente, sempre colaborou e fez parte da direcção, aliás como se podia verificar com toda o elenco directivo a trabalhar e a servir às mesas, a fazer pão, e outros serviços sem parar.

O impacto maior da festa deste ano e que motivou a visita do presidente da Câmara foi a Valorização dos endógenos morangos e a inauguração, dentro dessa linha de raciocínio, do monumento ao morango. A possibilidade de uma Confraria do Morango e da Marca M (morango) apresentada no descerramento do naif monumento. Na sua ingenuidade popular o monumento com três faces, revela as datas e a produção do morango e figuras do rancho. No sopé vários pés de morangos estão plantados. Foi apresentado um livro com estórias do local pela neta do autor em edição da Junta da Freguesia e as crianças presentes descerraram a lápide comemorativa do acto.

Falou a presidente da Junta de Freguesia, o presidente da câmara e ainda mais três figuras da terra. Muito público aplaudiu por diversas vezes, ainda se dançou ao redor do monumento e a romagem continuou a pé até à sede da colectividade. A chuva que caiu durante a manhã parou para dar um pouco de luz a esta tradicional festa popular.

 

 

Morangos3 Morangos2 Morango1Pode ver mais imagens na página do Facebook do jornal o Ericeira