Geral Opinião

“Mais solidários e unidos por objetivos comuns”

Com a pandemia muito do que antes era dado como seguro e certo ficou alterado. Nesta nova perspectiva, que ninguém sabe quando se irá alterar, convém ter uma nova abordagem e visão, quer do mundo que nos rodeia, quer também do que podemos dar para contribuir para o bem comum da nossa comunidade e país. 

O mundo mudou, mudaram hábitos e rotinas, a economia vai enfrentar um enorme embate com evidentes consequências para a vida dos cidadãos, empresas e Estado. Parece a todos evidente que os próximos tempos serão complicados, seremos postos à prova na nossa resiliência.  

Quando todos enquanto sociedade enfrentamos tamanho desafio o que nos é pedido é que sejamos parte da solução, claro que não existem “varinhas mágicas” para de um momento para o outro tudo resolver, mas também é claro que nunca como antes vai ser necessário sermos mais solidários, unidos por objetivos comuns e que junto dos que mais vão necessitar marquemos não só presença mas também ajudemos as associações e grupos de cidadãos que diariamente estão no terreno. 

Não podemos deixar que nossos concidadãos se vejam mergulhados numa espiral de pobreza, abando ou esquecimento, façamos aquilo que qualquer um gostaria que fizessem por ele se estivesse numa situação de desespero. Só unidos e solidários podemos ultrapassar as dificuldades. 

Pedro Fernandes Tomás 

Acerca do autor

Pedro Tomás

Pedro Tomás

Notas Soltas

Adicionar comentário

Clique para comentar