MAFRA: OBRAS PREMIADAS TOCADAS A SEIS ÓRGÃOS

O Secretário de Estado da Cultura e o Município de Mafra promovem, no dia 24 de outubro, às 21 horas, o concerto de apresentação das obras distinguidas com o “Prémio Internacional de Composição Órgãos do Palácio Nacional de Mafra 2015”. Uma oportunidade para escutar novo repertório destinado ao conjunto instrumental da Basílica de Mafra, único no mundo não só pelo seu número, mas pelo facto dos seis órgãos terem sido concebidos originalmente para tocar em simultâneo.

 

Do programa do concerto fazem parte as obras da autoria dos vencedores da primeira edição deste Prémio: Gianni Giacomazzo (Itália), com a partitura intitulada “Musiikki Henki” (Prémio Categoria A – Composição) e João Pedro Oliveira (Portugal), com “Ma Mére L’Oye (Ravel)” (Prémio Categoria B – Arranjo) e “6 Alleluias” (Menção Honrosa Categoria A – Composição).

 

Serão também executadas obras de Giacomo Rossini, Daniel Bondaczuk e Marcos Portugal.

 

A entrada é gratuita, sujeita a reserva através dos seguintes números de telefone: 261 817 550 (Palácio Nacional de Mafra) ou 261 817 170 (Posto de Turismo de Mafra).

 

Sobre o Prémio

 

O “Prémio Internacional de Composição Órgãos do Palácio Nacional de Mafra”, instituído em 2014, é promovido pelo Secretário de Estado da Cultura e pelo Município de Mafra, com periodicidade bienal, e visa distinguir compositores que apresentem peças destinadas ao referido conjunto instrumental, fazendo uso das suas características próprias.

 

Dividido em duas categorias, o prémio desdobra-se numa componente relativa à composição de uma obra original e outra referente à transcrição para os seis órgãos. O valor dos prémios é de 10 mil e 5 mil euros, respetivamente.

 

O júri desta primeira edição, que apreciou 17 obras submetidas a concurso, foi constituído por quatro personalidades de reconhecido mérito internacional: Bernard Foccroulle (Bélgica), que presidiu, Roberto Antonello (Itália), Sérgio Azevedo (Portugal) e João Vaz (Portugal).