IGREJA DA MISERICÓRDIA COMO NOVA…(parte 3)

Falámos com o provedor da Santa Casa da Misericórdia da Ericeira , Prof. João Pedro da Silva Henriques Gil, e aproveitando o seu entusiasmo contagiante, visitámos com ele as Obras a decorrerem…

Jornal O Ericeira: O que está a acontecer por aqui?

Provedor: De parceria com a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e através do seu Fundo Rainha D. Leonor, iniciámos o restauro da nossa Igreja. Com uma duração provável de 15 meses, a obra ocupar-se-á da Igreja, da Sacristia e das escadas de acesso ao Coro Alto e ao 1º andar do Museu.

Jornal O Ericeira: Quem está a fazer o restauro?

Provedor: –  Na sequência dos necessários concursos públicos, foram os trabalhos adjudicados aos concorrentes Património do Tempo (restauro),  Victor Vajão Atelier de Iluminação e Electrotecnia e MNB Electricidade Ldª.

Jornal O Ericeira : Então o que está a acontecer neste momento?

Provedor: Decorrem neste momento a finalização da limpeza dos caixotões do tecto na nave da igreja, a desinfestação biológica de todas as estruturas interiores, a remoção de vernizes inadequados no cadeiral da Irmandade, a substituição de argamassas de cimento nas paredes  norte e poente, a reconstrução dos dois sanitários, a remoção total da instalação eléctrica existente, e a conclusão da pintura mural da escada para o Coro Alto. Prevê-se até ao final do corrente ano a instalação eléctrica, a recolocação dos ornamentos em madeira e o início da recuperação pictórica mural.

Jornal O Ericeira: Era bom para memória futura ter algo para divulgar como estava e como ficou…

Provedor:   Acompanhando a evolução dos trabalhos, e a fotografia de todos os pormenores intervencionados, a Santa Casa vem consolidando o conhecimento da evolução cronológica de toda a construção e das suas fases fundamentais que publicará oportunamente.

Jornal O Ericeira: Qual a estimativa em termos de tempo desta Obra?

Provedor:  A extensão, a profundidade e o cuidado postos na execução deste restauro, irão prolongar-se certamente, por todo o próximo ano (2019), mas estamos certos que valerá a pena. Ao reabrir as suas portas e ao retomar o seu culto religioso, a Igreja da Santa Casa da Vila da Ericeira será justamente considerada a mais bela obra da Misericórdia alguma vez oferecida a toda a comunidade.