Geral

HÁ COISAS ASSIM…”POTPOURRI”

Temos vários assuntos para quebrar a falta de matérias para conversas de café, agora que está tempo para recintos fechados e mais quentinhos. Ora em rescaldo de 4ª Feira, temos a discussão acesa para quem só se preocupa com os gastos da CMM e para tal – onde vai ser e quanto custa o Museu da Musica em Mafra. Tudo tim-tim por tim- tim.

Temos ainda a discutir a responsabilidade de quem construiu o Centro de Saúde de Mafra dado que grandes investigações, sem sair do sofá, indicam que está aí o problema/Mistério de não haver aparelhagem de RaiosX.

Ora primeiro, era o pessoal que tinha de ter formação, e o tempo a passar…depois as paredes não estavam isoladas …E o tempo a passar, ora tanta conversa obrigará a que teremos de levar a questão de quem assim fala, a ir ao Polígrafo para saber a real razão destas aldrabices e trafulhices que obrigam o utente a duvidar de tudo e todos – Pergunta do dia – Quem tem culpa de não haver serviço de Raios X? Responda quem souber e rapidinho.

A Feira de Santo André é já no sábado, e o Rallye das Camélias, que já publicámos os troços e os horários também vai começar no sábado e será espectáculo para quem goste deste tipo de desporto motorizado e que passará pelas nossas estradas.

Temos ainda que chamar a atenção para o mais comentado/criticado ( só por ciclistas) artigo sobre um Flyer que corre as estradas e a net, que publicámos por termos a consciência que existem Milhares de aficcionados das bicicletas que investem Milhares de euros em equipamento, acessórios, etc, movimentando a economia e também, conquistando mais saúde, mas temos o outro lado da verdade – os abusos e as contrariedades para quem , sobretudo aos fins de semana, necessita viajar pelas nossas apertadas estradas, e nada mais pode fazer do que assistir a um cortejo tipo marcha fúnebre atrás de montes de ciclistas em passeio… Existirá sempre abusos, educação e paciência – precisa-se.

Não se trata de defender um, ou outro lado, apenas demos a notícia, mas defendemos uma verdade em que todos se sintam bem, quer automobilistas, quer ciclistas. Não será fácil e apenas depende da educação cívica e isso não se compra. Infelizmente a despesa com as ciclovias não resultaram, diz a maioria dos ciclistas, aí está um assunto a levar em discussão.

E vamos a caminho do Natal. Boas Festas para todos.

Acerca do autor

ericeiraonline

ericeiraonline

Adicionar comentário

Clique para comentar