Em jeito de RESCALDO ou agenda do passado

SÁBADO dia de  RESCALDO 

*O “Fado de cobrar” ou receber para quem fez trabalhos, continua a ser dificílimo, apesar da crise estar felizmente a dissipar-se. Os factos maias badalados da semana são

*“O TOUCINHO” abandonado na sina que traçou, sem haver Entidades que tratem dos sem-abrigo, alcoólicos e afins. Uma excepção na Vila da Ericeira.

*A Escola Profissional da Ericeira – um caso de policia ou talvez não. Total desinteresse das Entidades Oficiais contactadas por nós. Alunos a perderem o ano, a abandonar os estudos e as famílias abandonadas. De São Tomé 16 alunos vivem de forma precária, alguns regressaram, outros foram para outra escola em Mafra ou no Norte do país. Tudo sem apoios. Tudo “à vol d’oiseau” e cada um que se desenrasque. Que dirão estes alunos, mais tarde, quando falarem da Ericeira? O senhorio conclui que também foi burlado, mas não quer o mal dos miúdos, e perde o dinheiro da renda, água e luz que paga do seu bolso. E as autoridades senhor? Porque procedem assim?

*O regresso da Festa de São Sebastião e de São Vicente que dura a partir de hoje 3 dias. Vontades novas surgiram e haverá amanhã um almoço de feijoada para angariar massas para a dita festa e pode ser que a Banda apareça como antigamente sem exigir dinheiro.

*Morreu Madalena Iglésias que viveu na Venda do Pinheiro.

*Nas redes sociais O MUNDIAL já se canta em jeito de desafio entre amigos.

*PS/Mafra ainda não tem Listas apresentadas para as Eleições. Logo não há data. Estuda-se uma Lista única mas o cabeça ainda é bicéfalo. Pode ser que siga o exemplo do BE.