BALANÇO DA ÉPOCA 2015 DA ESCOLA DE CICLISMO MANUEL MARTINS

 Terminou oficialmente, no passado dia 18 de novembro, a época de ciclismo de 2015 com a participação dos atletas mais novos no encontro de escolas do Fstivel Bike em Santarém. Mais uma vez os atletas da escola de ciclismo de Mafra estiveram em evidencia ao demonstrarem no terreno todas as aprendizagens adquiridas ao longo da época, com particular destaque para a prova dos juvenis, onde João Sousa venceu a sua categoria, numa prova onde a sua colega de equipa Maria Martins demonstrou  porque foi a melhor cadete em 2015.

Esta época iniciou-se da melhor forma, já que nas provas de pista, que marcam o arranque das competições para a nossa escola de ciclismo, vários atletas do Milharado conseguiram alcançar vitórias no critério Onofre Tavares realizado no velódromo nacional em Sangalhos. Estes resultados acabaram por ser uma constante em todas as provas de pista, com destaque para os 2 títulos de campeã Nacional alcançados por Maria Martins.

Com o inicio da época de estrada verificou-se a continuidade dos bons resultados, em particular nas Taças de Portugal de Cadetes, masculinos e femininos, onde os atletas de Mafra demonstraram grande domínio. Se nas femininas esse domínio se traduziu na conquista da Taça de Portugal pela atleta Maria Martins, nos cadetes masculinos a primeira fase da competição, a nível regional, consagrou Hugo Faustino e Miguel Salgueiro, que se apresentaram na liderança,  da zona B, para discutir a fase final que se realizou numa única prova. No entanto nesta prova a sorte não iria estar com os nossos atletas, já que uma queda  nos últimos quilómetros, acabou por impedir que se tivesse alcançado um bom resultado nesta prova impedindo assim a obtenção de um bum resultado na Taça.  Ainda assim ficou a excelente imagem deixada por uma equipa organizada e dominadora.

Nas classes de “Escolas” que iniciaram a época com uma vitória no circuito da Silveira, seguiram-se sempre bons resultados, com particular destaque para o 2º lugar alcançado entre as 29 equipas presentes no encontro nacional de escolas de ciclismo e que mostrou a consistência do trabalho realizado pela Escola de Ciclismo Manuel Martins ao nível da formação, já que em 2014 se tinha alcançado o 3º lugar na mesma competição, que é a maior realização desportiva realizada em Portugal ao nível da formação de jovens ciclistas.

A qualidade deste trabalho ao nível da formação, levado a cabo pela única escola de ciclismo do concelho de mafra, não tem passado despercebido e este ano chegou mesmo alem fronteiras, com a Federação de ciclismo de Angola a solicitar inclusão de 2 atletas de sua seleção de juniores na nossa equipa para participação na volta a Portugal de Juniores.

Os cadetes, com uma equipa reduzida conseguiram demonstrar ao longo de toda a época prestações de grande nível, com várias vitórias tanto a nível coletivo como a nível individual, com alguns resultados de grande destaque, como o 2º lugar coletivo na volta a Portugal de cadetes e os excelentes resultados alcançados pelas cadetes femininas do Milharado que tiveram um domínio quase absoluto em quase todas as provas com vitórias na taça de Portugal e Campeonato Nacional de fundo, pela atleta Maria Martins.

Esta época de muito trabalho ficou também marcada pela chamada à seleção nacional de pista dos juniores Isaac Pereira e Rui Silva e das cadetes Maria Martins e Raquel Rodrigues a mereceram a confiança do selecionador nacional para a seleção de estrada e de pista. Esta confiança traduziu-se em excelente prestações da nossa atleta Maria Martins que numa das provas da Taça de Espanha, alcançou um brilhante 2º lugar e na volta a Guipozkoa, prova por etapas onde a seleção nacional alcançou o 3º lugar individual e vitória no prémio da montanha. Também na pista as nossas atletas demonstraram sempre grande domínio, como na ultima prova realizada em setembro – troféu Internacional Car, onde as atletas de Mafra conquistaram os 2 primeiros lugares do pódio.

Em jeito de conclusão, 2015 foi o ano da consolidação da Escola de Ciclismo Manuel Martins, o que neste momento teve já como implicação mais visível o grande numero de atletas para 2016, com mais de 50 atletas inscritos até ao momento. Este crescimento irá implicar o reforço da estrutura da escola de ciclismo e a procura de novos patrocinadores que ajudem a suportar os custos associados à formação dos jovens ciclistas, numa escola onde ninguém aufere qualquer vencimento.

A época irá encerrar oficialmente no próximo dia 29 de novembro com a realização da festa de encerramento, onde iremos homenagear, atletas, patrocinadores e colaboradores, que contribuíram para que em 2015 estivéssemos presentes em 97 provas (escolas – 20, cadetes – 23, juniores – 19 e femininas – 35), onde alcançámos 167 pódios (escolas – 66, cadetes – 40, juniores – 10 e femininas – 51) dos quais 61 vitórias (escolas – 21, cadetes – 15 e femininas – 25).

 

Colaboração de Manuel Rodrigues (Texto e fotos)