Opinião

A Expectável crise económica

Marcelo Rebelo de Sousa tem vindo progressivamente a afastar-se do governo, desde o triste episódio que António Costa e ele protagonizaram na auto- Europa, em que Marcelo criticou o Centeno por ter transferido cerca de um milhão de Euros para o Novo Banco, sem esperar por uma auditoria externa , e Costa indiretamente apoiou a recandidatura de Marcelo, antes do próprio o fazer, criando um facto político de difícil gestão,  que culminou com a queda de Centeno e a assunção do Leão.

Marcelo foi criticado pela sua base de apoio mais à direita, e não ganhou nada à  esquerda do PS , que nunca o apoiará , e Costa foi criticado por todos à sua  esquerda, inclusive a do seu próprio partido.

Com a assunção do Leão, ests Segunda-feira, Centeno fica à espera de entrar para o Banco de Portugal, e o episódio à primeira vista parece estar sanado, no entretanto Marcelo, neste período, tem-se desdobrado em ações de que destaco, os almoços com o Rui Rio,  e a cerimónia do 10 de junho, onde no seu discurso, ressaltou pela primeira vez, que, a crise económica é e vai ser severa, grave e demorada, em contra-ponto com a posição de  insustentável leveza do ser,   do primeiro-ministro, que fiado na Europa espera, como todos nós, que este parto não seja doloroso.

Este aparente nojo da convivência entre os dois, parece ser saudável, em democracia e para futuro, pois já que não existe oposição ao governo, ao menos que seja Marcelo a fazê-la.

Por informações que disponho, com o afastamento de Centeno e com ele as relações tensas que, como o próprio confessou ter sempre mantido com Costa no exercício da execução orçamental, aliada à  sucessiva e excessiva  legislação avulsa, que tem saído, a simplificar a execução de contratos públicos,  sempre que um novo estado Pandémico é declarado, não auguro nada de bom para as nossas finanças públicas.

Nuno Pereira da Silva

Cor. Inf. Res.

Acerca do autor

Nuno Pereira da Silva

Nuno Pereira da Silva

Coronel de Infantaria na Reserva

Adicionar comentário

Clique para comentar